Rammstein no Rock In Rio Lisboa

Os Rammstein vão actuar no Rock In Rio a 30 de Maio, o dia mais "pesado" do festival. A banda está de volta a Lisboa depois de ter lotado o Pavilhão Atlântico em Novembro último.

Para este concerto, a organização viu-se obrigada a alterar as datas do evento. «Para viabilizar a presença da banda alemã com maior sucesso a nível internacional no evento, a organização decidiu alterar a data de 28 de Maio para dia 30 de Maio», refere o comunicado enviado à imprensa.

O colectivo continua na estrada com o álbum Liebe Ist Fur Alle Da, expressão que em português significa "o amor é para todos". O disco entrou directamente para o quarto lugar da tabela nacional de vendas.

Na Alemanha, Liebe Ist Fur Alle Da foi proibido de ser exposto publicamente e só pode ser vendido a maiores de idade. Tudo por causa do grafismo do disco, em que o guitarrista Richard Kruspe aparece perante uma mulher nua de joelhos.

Para além disso, o Departamento Federal de Exame de Media Nocivos à Juventude proibiu que a canção Ich tu dir weh (em português, Eu Quero Magoar-te) fosse interpretada nos concertos em solo alemão. A medida não foi acatada pela banda que, pela sua recusa, foi sujeita a uma multa. Contudo, a polémica não ficou por aqui. O vídeo do primeiro single retirado do álbum - Pussy - continha cenas de sexo, o que levou à sua proibição em alguns canais. A mesma canção foi também atacada por, alegadamente, incitar à prática de relações sexuais sem preservativo.

Para o Rock In Rio, estão já confirmados no palco principal Muse, Shakira, Xutos & Pontapés, Mariza, Miley Cyrus e John Mayer. Quanto ao espaço Sunset, vai juntar artistas como Rui Veloso e Maria Rita, Tim e Mariza, Jorge Palma e Zeca Baleiro ou Luís Represas e Martinho da Vila. O festival realiza-se nos dias 21, 22, 27, 28 e 29 de Maio no Parque da Bela Vista. Os bilhetes custam 58 euros.

0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”