UDV Futebol: Jornada 18

Vilafranquense regressa às vitórias com goleada ao Monte Agraço

Seis golos sem resposta evidenciaram a supremacia do Vilafranquense sobre o Monte Agraço num jogo que marcou o regresso às vitórias do clube ribatejano.


Depois de um período inicial em que o Monte Agraço parecia ter argumentos para discutir a partida, a superioridade do Vilafranquense acabou por manifestar-se, com Paulo Machado, Milton e Queirós a criarem várias ocasiões de golo.
Paulo Machado acabou por inaugurar o marcador para o Vilafranquense, aos 15 minutos na sequência de uma jogada de Emanuel, que isolou o jovem avançado e este à saída do guarda-redes desviou para o fundo das redes.
Com a equipa forasteira sem conseguir responder, o Vilafranquense ia carregando, e Emanuel aos 27 minutos esteve próximo de ampliar o marcador mas a bola foi embater caprichosamente na barra da baliza de Márcio.

Segundo tempo demolidor

A segunda parte começou com uma tentativa de reacção por parte do Sobral. A equipa despendeu grande parte das suas energias a tentar entrar no jogo de forma a conseguir um golo cedo empatando a partida, e por volta dos 58 minutos Carlitos, ainda agitou as bancadas com um remate que foi salvo em cima da linha de golo por Ricardo Rocha.
Um esforço que acabou por não ser recompensado. A organização do Vilafranquense falou sempre mais alto e as investidas dos forasteiros foram sendo cada vez mais fracas, até que o Vilafranquense acabou por voltar a assumir o jogo e o Sobral não mais conseguiu voltar ao mesmo.
Aos 73 minutos após uma assistência de Macieira, Emanuel foi mais rápido que os defensores contrários e volta a fazer um golo para o Vilafranquense, resolvendo por completo a partida.
A partir daí o Vilafranquense estabilizou por completo o seu jogo e partiu para o último quarto de hora demolidor.
Aos 80 minutos Macieira com um remate á entrada da área fez o 3-0. Marco fez o quarto aos 84’ numa belíssima jogada individual. Carlitos aos 87’ aumentou para 5-0 com um remate de cabeça, e no tempo de compensação confirmou-se o descalabro da defesa do Monte Agraço com um auto golo de Victor que fechou o resultado em 6-0 a favor do Vilafranquense.


Fernando Ferreira, treinador do Vilafranquense
“Tivemos alguma dificuldade em nos adaptar ao terreno de jogo e o Monte Agraço conseguiu criar-nos algumas dificuldades. Na segunda parte mudamos um pouco a nossa maneira de jogar e acabamos por conquistar uma vitória justa embora na minha opinião por números um pouco exagerado".

Filipe Graça, treinador do Monte Agraço
“Na primeira parte ainda conseguimos equilibrar de certa forma o jogo mas depois veio ao de cima a capacidade física de uma equipa que treina num relvado natural e também das condições em que estava pois fisicamente os meus jogadores quebraram e esse para mim foi o ponto de viragem do jogo.”


Reportagem por: Marco Talhadas in Vida Ribatejana

0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”