ÚLTIMA HORA: "00Pombo" busted!

"00Pombo" foi finalmente apanhado.


O famoso agente secreto paquistanês "00Pombo" também conhecido como "PakiPigeon" foi detido pelas autoridades indianas enquanto cumpria uma missão de espionagem junto da fronteira. Segundo a informação da "Press Trust of India" a que o Vila Espanca Blog teve acesso a ave apresentava-se travestida de pomba, com um fato impermeável de penas brancas, e tinha na sua posse um papel com um endereço e um número de telefone. As autoridades indianas crêem que "00Pombo" estaria prestes a telefonar de volta para os seus superiores a fim de fazer o relatório da missão.

É conhecido o conflito destes dois estados nucleares pelo controlo da região de Caxemira sendo que o relatório da "Amnistia Interanimal" refere ambos os estados como patrocinadores do uso de tecnologia histórica animal como meio de uso militar embora ambos os o desmintam. Chegaram à sede da AI relatos em como não só havia treino de espionagem para pombos, como também especializações em "Pombardeiros" e "Pombistas Suicídas"

Ainda segundo a "Amnistia Interanimal", e segundo o que está escrito na Convenção Zoológica Internacional acerca de POW's (Pigeoners Of War), a ave, que já foi interrogada por um veterinário e está interdita a visitas, tem direito a uma chamada telefónica.


notícia original: TVI24 (...o que é que estavam à espera?!)

1 comentários:

maha disse...

Sem direito a visitas??Pergunto eu se isto não violará a Declaração de Direitos do Pombo...

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”