Hoquistas formados no UDV regressam a casa

Hoquistas que nasceram para a modalidade em Vila franca de Xira reencontraram-se no pavilhão da União Desportiva Vila-franquense, no passado dia 11 de Julho. A quase totalidade dos jogadores que ainda actuaram, na época que agora findou, em equipas das várias divisões, realizou um jogo convívio, na casa onde deram as primeiras “patinadelas”. Alguns fizeram mesmo, toda a sua formação no Clube e tendo a sua actual Direcção acolhido de forma simpática e pronta a iniciativa.
Numa altura em que a UDV recomeçou o hóquei em patins com crianças, pretendia-se também evidenciar a enorme importância da formação para o futuro da modalidade.
Foram constituídas duas equipas, compostas pelos jogadores que a seguir se discriminam. Entre parênteses, estão indicadas as equipas onde jogaram na época transacta.

Equipa A
Fábio Guerra (Tomar), Alexandre Silva (Benfica- Jun), Bruno Monteiro (Tomar), Bruno Ribeiro (Cascais), Hugo Guedelha (Vialonga), Cláudio Ortet (Tigres). Treinador: António Matos.

Equipa B
Ivo Ribeiro (Tigres), André Moreira (Candelária), Rui Madaleno (Vialonga), Rui Sezões (Corujas), Daniel Guedelha (Weill-Suiça), João Carvalho (Corujas), Mário Letra (Sporting- Jun). Treinador: Mário Rui.


O jogo, arbitrado por Ricardito e João Taipina, (à semelhança dos treinadores acima referidos, também eles antigos jogadores e treinadores do Clube) decorreu com entusiasmo, por parte de todos, e com alguns rasgos de bom hóquei, denotando qualidade técnica/táctica dos jogadores e um bom entrosamento de improviso.

Não estivéssemos nós perante hoquistas de muito bom nível na modalidade e com um vasto palmarés a nível nacional e internacional, com vários títulos conquistados.



O placard esteve quase sempre equilibrado, mas na parte final, a equipa B logrou colocar-se em vantagem. O resultado foi, naturalmente o menos importante, numa jornada de hóquei em patins e de convívio, entre hoquistas de diferentes gerações, mas com vários factores em comum, nomeadamente o terem sido formados na UDV, o se manterem ainda em actividade e a sua paixão pela modalidade.


Fonte: Patinslover blog


0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”