Desemprego Preocupa em Vila Franca de Xira

Fazer um levantamento das necessidades de emprego, adequar melhor a formação às necessidades das empresas e apostar no empreendedorismo, são algumas das principais orientações estratégicas do novo Plano de Desenvolvimento Social do concelho de Vila Franca De Xira.

Helena Gonçalves, responsável do Observatório da Rede Social, apresentou um “pré-diagnóstico” da situação social, que vai ser aprofundado em 2011 com o tratamento dos dados do Censos.

Concentrou a sua intervenção nas principais linhas de orientação do novo Plano de Desenvolvimento Social (PDS) do concelho que vai estar em vigor de 2011 até 2013.

O PDS tem cinco linhas principais de actuação, notando-se as maiores preocupações com o apoio à terceira idade, a adequação da formação às necessidades das empresas e a tentativa de atenuar o impacto do desemprego.

O apoio à população idosa, a ocupação dos tempos livres das crianças e jovens, a qualificação e o emprego, as parcerias e a economia social e os equipamentos sociais constituem os 5 eixos de intervenção do PDS para os próximos 3, anos.

No primeiro, Helena Gonçalves realçou a vontade de melhorar as condições de vida da população idosa, de criar uma base de dados centralizada com as listas de espera e as disponibilidades dos equipamentos existentes, de criar um grupo de voluntário que apoie idosos isolados e de encontrar respostas adequadas ài suas necessidades no domínio da saúde.

O novo PDS propõe, também, a criação de uma plataforma de planificação e articulação de actividades de ocupação de tempos livres entre agrupamentos escolares, IPSS, Lar de Idosos associações e outras entidades.

No eixo da qualificação e do emprego, a aposta será tentar contribuir para diminuir o desemprego e fazer um levantamento das necessidades das empresas locais, “promovendo articulação entre as escolas e outras entidades formadoras e as entidades empregadoras”.

Fonte:Voz Ribatejana

0 comentários:

 

Contador

LIKE BOX

Arquivo

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”