Ex-dirigentes do Vilafranquense respondem por dívidas ao fisco

Cinco antigos dirigentes da União Desportiva Vilafranquense (UDV) estão a responder em tribunal por dívidas ao fisco acumuladas pelo clube da ordem dos 175 mil euros. No banco dos réus está, também, o actual presidente da colectividade, que responde apenas como representante legal do clube, uma vez que os valores em dívida remontam ao período de gestão compreendido entre 1999 e 2004.
Em causa estão valores de IVA cobrados e declarados pela colectividade, sobretudo respeitantes a venda de publicidade nas suas instalações e equipamentos, que não chegaram a ser entregues às Finanças. O processo aberto pela Direcção-Geral de Contribuições e Impostos em 2004 tem-se arrastado no tribunal, porque o clube assinou, entretanto, um acordo extrajudicial para pagamento da dívida em 5 anos.

Perante esse compromisso, os juízes foram adiando o julgamento. Agora, como a UDV admitiu que não tem condições financeiras para pagar a mensalidade de 13 mil euros exigida pelas Finanças, o caso chegou à barra do tribunal.
Dois ex-presidentes, outros três antigos dirigentes e o clube propriamente dito respondem pela prática de crimes de abuso de confiança fiscal.

Saiba mais na edição de 19 de Janeiro do Voz Ribatejana

Fonte: Voz Ribatejana

0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”