Nuno Cunha sagrou-se campeão nacional de Muay Thai


Foi na gala que ocorreu no dia 26 de março de 2011 que o atleta Nuno Cunha da Zfortes, ganhou o título de campeão nacional de classe A na categoria de -60kg a Rui Garcia.

Criadas as expectativas para o evento, no final da tarde ultimava-se aquela que seria a primeira disputa de um título nacional de classe A, num dia que seria certamente inesquecível para o atleta do mestre José Fortes. Confirmando-se a emotividade que vai caracterizando os eventos organizados pela Escola de Muay Thai daquele mestre, a noite finalizava com a entrega do título ambicionado por ambos os competidores. No combate chamariz da noite o público pedia que tanto Nuno Cunha como Rui Garcia se empenhassem e dessem o seu melhor para levarem o ambicionado título. Resultado: Um combate de arromba em que os golpes desferidos pelos atletas e o apoio do público incendiaram por completo a noite "100% Muay Thai" .

Entrando no ringue com vontade demolidora, o atleta de Vila Franca de Xira pontuava frente a um adversário que demonstrava estar a um melhor nível que no último combate em que se haviam defrontado. No ínicio frenético da disputa, a ambição de ambos ficaria bem patente pela ferocidade dos ataques aplicados. Não era para menos, pois estava em jogo um título nacional. À clara vantagem de Nuno Cunha, o atleta Rui Garcia não tardou em responder no decorrer do segundo assalto aplicando golpes com grande eficácia.

Estando a contenda equilibrada no final do terceiro assalto, os desportistas sabiam que teriam que se empenhar para sairem vitoriosos no assalto seguinte. Desferindo golpes quase ininterruptamente, os atletas mostravam toda a sua vontade, evidenciando já algum cansaço. Mas não podiam parar!Nem a audiência o permitia! Apoiando entusiasticamente cada uma das partes, o público confirmaria no final do último assalto um maior à-vontade técnico de Cunha.

No final não poderia haver dúvidas! Vitória para o atleta que demonstrou ser um verdadeiro guerreiro: Nuno Cunha.

Nos restantes combates , assinala-se aqui a excelente disputa protagonizada por Janilson Cruz (Janu), impondo uma derrota ao seu adversário, e o combate de Clau Osman apesar de ter perdido frente a Octávio Vasconcelos.

Fonte: ZFortes.com

1 comentários:

Anónimo disse...

Esse trinca espinhas do Nuno Cunha ainda tem muito que treinar. Teve sorte..mas nao há de durar para sempre. É o que acontece quando se trata de combates combinados. És um merdas Nuno e um belo OTÁRIO.

 

Contador

LIKE BOX

Arquivo

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”