Suicidio Social + 4 Folks @ Mentes Perigosas

Banda Vilafranquense apresenta o seu 1º álbum: 'Rock Saloio, Punk Rural e Crónicas do Ribatejo', a primeira parte está a cargo dos 4 Folks, o after é com o DJ Scorpion.
É já no próximo sábado 11 de Outubro que o Grupo Motard 'Mentes Perigosas' volta a acolher concertos de bandas locais e as expectativas estão altas para estas duas bandas da nova geração de músicos Vilafranquenses.

A banda enviou um pequeno comunicado sobre o evento que servirá de apresentação do seu 1º album: Punk Rural, Rock Saloio e Crónicas do Ribatejo.

"Criados a sopas de cavalo cansado e adjuvados por uma realidade pós-ideológica, nós podemos definir-nos por um coletivo quase terrorista que firma em fazer a guerra pela arte da palavra. A nossa próxima iniciativa consistirá numa aglomeração popular na sede dos Mentes Perigosas, que por sua vez tiveram o bom senso e amabilidade de nos disponibilizarem o espaço (nada é mais perigoso que a inteligência).


Nesta reunião de mentes, lançaremos ao mundo o nosso álbum Punk Rural, Rock Saloio e Crónicas do Ribatejo, que tenta aludir ao imaginário vila-franquense e simultaneamente demonstrar a visão única deste coletivo. Por cada CD comprado, estarão a contribuir para o financiamento da nossa guerrilha das lezírias.


Portanto, com este comunicado feito já sabem, caso queiram apreciar o caos organizado de um Mosh Pit, causar algures nesta terra um motim, ou se pura e simplesmente gostarem da pujança de Power Chords rápidos, este é o vosso espaço, e esta será a vossa noite.
Aos que não aparecerem, arrepender-se-ão infinitamente, pois são noites tão únicas que marcarão para sempre o fluxo da história. –  Comissário Geral dos Suicídio Social, O Homem-Bomba"

Portanto estão todos convidados para este pequeno oasis, no verdadeiro deserto cultural que se tornou Vila Franca, Apareçam!


0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”