Cavaco Silva, o Presidente da República com menos votos

Presidente da República perde meio milhão de votos, num cenário de recorde absoluto de abstenção. Também se registou o número máximo de brancos e nulos. Alegre não consegue chegar aos 20%







Aníbal Cavaco Silva venceu as eleições para a Presidência da República e vai cumprir o seu segundo mandato, mas os números não mentem: é o Presidente com menos votos na história da democracia em Portugal. O número mais baixo tinha sido alcançado por Jorge Sampaio, na reeleição de 2001.

Na eleição para o seu primeiro mandato, em 2006, Cavaco Silva conseguiu 2.773.431 votos (50,54%) e agora ficou-se pelos 2.230.104 votos (52,94%) e a abstenção atinge níveis recorde de 53,37%. Em todo o caso, a percentagem sobe para 52,94%. Na sua reeleição, em 2001, Jorge Sampaio atingiu os 2.401.015 (55,55%), coma a abstenção em 50,29%.

Comparando com a sua primeira eleição, em 2006, Cavaco Silva tem menos meio milhão de votos (543.327), não tendo sido punido pela abstenção. Isto porque houve menos cerca de um milhão de pessoas a votar (1.100.228), sendo que Cavaco garante metade dessa «ausência» e os outros candidatos o restante. Só o PCP perdeu 200 mil votos nesta eleição.

Também foi atingido um nível recorde de votos nulos e brancos. Nesta eleição houve 191.159 votos em branco e 86.547 votos nulos. Até hoje, o maior número de votos em branco surgiu em 1991, com 112.877; o maior registo de votos nulos foi em 1996, com 69.328.

Ainda assim, Cavaco vence em todos os distritos e também no voto dos emigrantes, deixando os seus principais opositores demasiado longe, o que não belisca a vitória. Manuel Alegre, por exemplo, fica aquém dos mais de um milhão de votos que conseguiu sozinho em 2006, atingindo agora os 831.959 votos (19,75%).

Fernando Nobre alcança os 14,1%, com 593.868 votos; Francisco Lopes fica-se pelos 7,14% e 300.840 votos (quase 200 mil votos do que Jerónimo de Sousa em 2006); a grande surpresa José Manuel Coelho consegue 4,5%, com quase 200 mil votos (189.340). Finalmente, Defensor Moura consegue 1,57%, com 66.091 votos.

Fonte: iol.pt

0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”