Adeptos do Vilafranquense agredidos pela G.N.R. da Lourinhã

No passado Domingo 6 de Fevereiro, cerca de uma centena de adeptos do União Desportiva Vilafranquense deslocaram-se á Lourinhã para ver o jogo contra a equipa local, num encontro que é considerado um verdadeiro clássico da Distrital.

O embate foi emocionante e bem disputado, acabou com um empate a duas bolas e sem casos polémicos. Após o jogo, os adeptos do Vilafranquense e a sua claque 'Piranhas do Tejo' eram esperados por um cordão das forças especiais da G.N.R. com cerca de 20 elementos.













Nada faria prever o que se passou a seguir, sem provocação alguma ou motivo sequer, as forças da autoridade desataram a bater violentamente em jovens, mulheres, idosos, basicamente 'em tudo o que mexe' usando e abusando do poder e das armas que dispunham. Após obrigarem os adeptos do U.D.V. a entrar para o autocarro á bastonada, lançaram gás pimenta para o interior do mesmo, numa tentativa de fazer sair os adeptos para uma segunda rodada de violência gratuita, desmesurada e completamente descabida.

Como se não bastasse, o autocarro foi escoltado até ao cruzamento do Ramalhal (cerca de 10km.) e alguns dos adeptos só receberam assistência médica após a escolta, tendo até inclusivamente sido transportados de ambulância até ao hospital de Vila Franca de Xira. De estranhar também a ausência de qualquer comentário a estes incidentes da parte da comunicação social.

0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”