Hóquei Seniores: Vilafranquense cada vez mais líder

O UD Vilafranquense depois de na jornada anterior ter empatado na Lourinhã a 3 bolas, vendo o Sintra aproximar-se perigosamente da liderança, teve esta jornada a “benesse” da formação do HC Sintra que perdeu surpreendentemente em casa perante o Seixal por 6-5.

A equipa de David Valente que no passado Domingo recebeu o Cascais e venceu à tangente por 3-2 o conjunto de Nuno Adrião, ganha assim uma vantagem que poderá ser decisiva nas contas finais desta prova. Nafarros e SC Torres poderão ser os fieis da balança nesta prova, mas a distância que Vilafranquense e Sintra levam dos demais deixam claro a diferença em termos hoquistas entre estes dois emblemas que lutam pelo título regional e os outros.

O Nafarros recebeu a equipa do Parede FC e subiu ao terceiro lugar fruto da derrota do SC Torres no Carregado frente a uma equipa estreante no mundo do Hóquei em Patins mas que está a fazer uma excelente prova. A formação do AD Carregado é agora quinta classificada com 30 pontos e espreita, diga-se de forma legítima, o ultimo lugar do pódio deste regional que Lisboa organiza que dista para já a 3 pontos de distância.

Em Alverca a formação local a não dar veleidades à equipa do HC Lourinhã vencendo por 4-3. Depois da surpresa que a formação do Oeste de Lisboa provocou na jornada anterior ao empatar a 3 bolas frente ao líder Vilafranquense, desta feita a não conseguir amelahar pontos junto ao Tejo.
O Lobinhos depois de cinco jornadas a somar derrotas, vingou-se frente ao Clube TAP ao bater esta formação no Pavilhão do CACO por 3-2.

Por fim no outro encontro que encerrou esta jornada 18 o Santarém conseguiu a sua quarta vitória na prova ao bater a equipa do Corujas por 9-7, jogo este realizado no Pavilhão da Vila ribeirinha ao Sorraia.

CLASSIFICAÇÃO






Fonte: Plurisports

0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”