Projectos musicais que fizeram história no nosso concelho: VORTEX CORE

VORTEX CORE (Alhandra)



Com o passar dos anos e de maneira a não deixarmos esquecer os projectos musicais que fizeram história no nosso concelho, a XTV Podcast e o Vila Espanca traz até vós uma das melhores bandas de Metal (senão mesmo a mais carismática) de Vila Franca de Xira. Os Vortex Core banda fundada em Janeiro de '95, em Alhandra e que começou como uma joke band de nome SATAN FROM HELL... ...mas que rapidamente se tornou num projecto mais sério, havendo então as inevitáveis mudanças de formação, sendo as mais importantes a entrada do baterista Nuno Moleiro em Agosto de 95 e a do baixista Miguel Pontes em Outubro desse mesmo ano (substituído em Março de 97 pelo ex-Encancrate Cláudio Preto).



Em Novembro de 95 foi gravada uma demo "caseira" num Fostex de 4 pistas, intitulada "Deep in the core", com 4 faixas, entre elas uma cover de Black Sabbath, Symptom of the Universe. Apesar da má qualidade sonora obteve algumas boas criticas, e valeu à banda a participação no concurso Non stop le metal, realizado em Felgueiras, e no 1º concurso rock da discoteca Rockline em Alcântara, no qual a banda se classificou em 3º lugar. Em Outubro de 96 foi finalmente lançada a maqueta "Consciousness", gravada nos estudios STS em Sacavem, com 3 temas , entre os quais o tema Igrejahmanah, provavelmente o tema mais conhecido da banda, maqueta essa que obteve excelentes criticas por parte de fanzines e imprensa do meio. A banda participou em diversos concursos, nomeadamente o Chasa Rock 96 em Alverca onde se sagrou vencedora, a 1ª e a 3ª audição de Jovens músicos, do concelho de Vila Franca de Xira, onde também se classificou em 1º lugar, e o Seixal Rock 97 onde ficou apurada de entre um total de 126 bandas. Participou também no CD compilação da editora Independent Records, "High Radiation 4", com o tema Stupid Enough. Com um razoável numero de espectáculos, destacam-se os muitos que foram dados no Lusideia Bar em Samora Correia (quase a banda residente) bem como o de Paços de Ferreira, de Castelo Branco e a 1ª parte dos Blind Zero no pavilhão do Cevadeiro em Vila Franca de Xira. Em 2003 com uma remodelação na formação editam o EP ''Go Away'' e depois de alguns concertos de promoção do mesmo a banda resolve dar um tempo...



...voltam em 2015 com a melhor formação e alguns temas novos na bagagem, nesse ano dão três concertos, abriram para Ramp no Side B em Benavente, abriram para Moonspell no Forte Music Fest em Alhandra e encerraram o Rockavilla em Vila Franca de Xira.
Desde 2015 para a frente a história dos Vortex Core voltou a ficar ''escura'', voltaram ou não voltaram????
Certamente alguém irá dizer algo sobre isso... ou se calhar... não! VORTEX CORE: Baixo – Claudio Preto Bateria – Nuno Moleiro Guitarra – José Silva Voz e Guitarra – Telmo Verdugo

Texto: David Inácio & Luís Rato

0 comentários:

 

Arquivo

LIKE BOX

Contador

Filosofia

Sempre a espancar desde 2006, Representamos o espírito inconformado da Velha Guarda de Vila Franca de Xira que permanece por gerações. Somos Independentes e Regionalistas, Somos o eco dos tempos de glória, Somos a tua voz
“Se há característica irritante em boa parte do povo português é a sua constante necessidade de denegrir e menosprezar o que é feito dentro de portas. Somos uma nação convicta de que nada de bom pode sair da imaginação do português comum e que apenas o que nos chega do exterior é válido e interessante.”